Qual é o seu estilo comportamental? Conheça os perfis

William Marston, psicólogo americano e pesquisador da Universidade de Harvard nos EUA, publicou, em 1928, um livro intitulado “Emotions of normal people” (Emoções de pessoas normais, na tradução). Por meio deste estudo, ele analisou a estrutura das emoções “normais”, ou seja, não patológicas. Esta pesquisa deu origem à Teoria DISC, que trata da existência de 4 bases de comportamentos diferentes: Dominância, Influência, Estabilidade e Cautela (conformidade). Todas as pessoas possuem estes quatro fatores, mas é a intensidade de cada um deles que define a essência comportamental do indivíduo, os diferentes estilos comportamentais e como o indivíduo reage frente às emoções.

Por que é tão importante conhecer o nosso perfil? O autoconhecimento permite analisar pontos fortes e os que precisamos desenvolver. Entender como se comportam os diferentes padrões de comportamento ajuda a identificar o estilo das pessoas com quem você convive, trabalha e se relaciona. A consequência é o aprimoramento da comunicação com estas pessoas, pois você saberá a melhor maneira de abordar cada perfil.

Atualmente, a ferramenta DISC é utilizada em diferentes processos: recrutamento e seleção, coaching e desenvolvimento, autoconhecimento, assessment/avaliação de potencial, mentoring, entre outros. A seguir, apresento um breve resumo dos principais fatores DISC, seus pontos fortes e pontos de atenção. Veja em qual deles você se encaixa melhor:

Dominância: costuma ser competitivo, orientado para resultados e movido a desafios. Voltado para a ação, lógico, objetivo e assume riscos. Possíveis pontos de atenção: pode apresentar competição desmedida, desconsideração pelas pessoas, ser centralizador e arrogante.

Influência: tem alto poder de comunicação e persuasão, genuína preocupação com as pessoas e valoriza muito o reconhecimento por parte dos demais. Possíveis pontos de atenção: procrastinação, inconveniência, dificuldade para dizer não e egocentrismo.

Estabilidade: perfil colaborativo, extremamente organizado, paciente e empático, valoriza processos estáveis e previsíveis. Possíveis pontos de atenção: é avesso a mudanças, costuma ter comportamento mais passivo e não se posicionar.

Cautela (conformidade): reflexivo, questionador, detalhista, curioso, comportamento lógico, objetivo, embasado em dados e fatos e perfil diplomático. Pontos de atenção: pode ser crítico e autocrítico em excesso; por considerar tanto os processos, pode tendenciar comportamento mais rígido; por ser menos emotivo e mais racional, pode parecer distante e indiferente. Em geral, não gosta de assumir riscos.

Esta é uma análise genérica sobre o tema que pode ser explorada de forma mais profunda. Importante ressaltar que, conforme citado acima, todos os perfis têm pontos fortes e pontos de melhoria, não existindo padrão melhor ou pior. Todos são importantes dentro de uma organização.

O objetivo é conhecer e entender os perfis, potencializar pontos fortes e buscar desenvolvimento em relação aos pontos de atenção, sabendo que isso será benéfico e ajudará a estabelecer relacionamentos mais assertivos no ambiente profissional e na vida pessoal.

Fontes: Ferramentas DISC – Etalent e Atools

Fernanda Queiroz

Consultora Sênior de Gestão de Carreiras
www.linkedin.com/in/consultorafernandaqueiroz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *