Qual é o seu estilo comportamental? Conheça os perfis

William Marston, psicólogo americano e pesquisador da Universidade de Harvard nos EUA, publicou, em 1928, um livro intitulado “Emotions of normal people” (Emoções de pessoas normais, na tradução). Por meio deste estudo, ele analisou a estrutura das emoções “normais”, ou seja, não patológicas. Esta pesquisa deu origem à Teoria DISC, que trata da existência de 4 bases de comportamentos diferentes: Dominância, Influência, Estabilidade e Cautela (conformidade). Todas as pessoas possuem estes quatro fatores, mas é a intensidade de cada um deles que define a essência comportamental do indivíduo, os diferentes estilos comportamentais e como o indivíduo reage frente às emoções.

Por que é tão importante conhecer o nosso perfil? O autoconhecimento permite analisar pontos fortes e os que precisamos desenvolver. Entender como se comportam os diferentes padrões de comportamento ajuda a identificar o estilo das pessoas com quem você convive, trabalha e se relaciona. A consequência é o aprimoramento da comunicação com estas pessoas, pois você saberá a melhor maneira de abordar cada perfil.

Atualmente, a ferramenta DISC é utilizada em diferentes processos: recrutamento e seleção, coaching e desenvolvimento, autoconhecimento, assessment/avaliação de potencial, mentoring, entre outros. A seguir, apresento um breve resumo dos principais fatores DISC, seus pontos fortes e pontos de atenção. Veja em qual deles você se encaixa melhor:

Dominância: costuma ser competitivo, orientado para resultados e movido a desafios. Voltado para a ação, lógico, objetivo e assume riscos. Possíveis pontos de atenção: pode apresentar competição desmedida, desconsideração pelas pessoas, ser centralizador e arrogante.

Influência: tem alto poder de comunicação e persuasão, genuína preocupação com as pessoas e valoriza muito o reconhecimento por parte dos demais. Possíveis pontos de atenção: procrastinação, inconveniência, dificuldade para dizer não e egocentrismo.

Estabilidade: perfil colaborativo, extremamente organizado, paciente e empático, valoriza processos estáveis e previsíveis. Possíveis pontos de atenção: é avesso a mudanças, costuma ter comportamento mais passivo e não se posicionar.

Cautela (conformidade): reflexivo, questionador, detalhista, curioso, comportamento lógico, objetivo, embasado em dados e fatos e perfil diplomático. Pontos de atenção: pode ser crítico e autocrítico em excesso; por considerar tanto os processos, pode tendenciar comportamento mais rígido; por ser menos emotivo e mais racional, pode parecer distante e indiferente. Em geral, não gosta de assumir riscos.

Esta é uma análise genérica sobre o tema que pode ser explorada de forma mais profunda. Importante ressaltar que, conforme citado acima, todos os perfis têm pontos fortes e pontos de melhoria, não existindo padrão melhor ou pior. Todos são importantes dentro de uma organização.

O objetivo é conhecer e entender os perfis, potencializar pontos fortes e buscar desenvolvimento em relação aos pontos de atenção, sabendo que isso será benéfico e ajudará a estabelecer relacionamentos mais assertivos no ambiente profissional e na vida pessoal.

Fontes: Ferramentas DISC – Etalent e Atools

Fernanda Queiroz

Consultora de Transição de Carreira
Life Coach pela SLAC, MBA Executivo em Gestão de Pessoas pelo Centro Universitário Barão de Mauá, Especializada em Magistério Superior pelo IBPEX, Graduada em Turismo pela Universidade Tuiuti do Paraná e Formada em Análise Comportamental DISC Etalent e Atools.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *