DICAS PARA CONSEGUIR UM EMPREGO

8 dicas para aumentar as chances de conseguir um emprego em 2019

O país atingiu no terceiro trimestre um recorde de 3,19 milhões de pessoas em busca de emprego há pelo menos dois anos. Confira a participação de Marshal Raffa, Diretor Executivo da Thomas Case & Associados Campinas, no Yahoo Finanças.

De acordo com os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), o Brasil alcançou no terceiro trimestre um recorde de 3,19 milhões de pessoas em busca de emprego há pelo menos dois anos, 35 mil a mais nessa situação em relação ao trimestre anterior.

“Isso demonstra que não temos somente um problema de falta de vagas, mas de profissionais que chegaram ao seu limite em diversos sentidos. Não é raro, uma pessoa assim transparecer desinteresse para o selecionador.  Ela não tem energia. Muitas vezes, evita o olhar direto, procura se proteger de alguma forma, inclusive, fisicamente, em sua postura ao sentar, cumprimentar, falar”, afirma Marcelo Bueno, Master Coach da SBCoaching e professor de cursos de Psicologia Positiva Aplicada aos negócios e vendas.

Pensando em ajudar as pessoas que estão passando por esse momento, o Yahoo buscou dicas com Bueno e Marshal Raffa, Diretor Executivo da unidade em Campinas (SP) da Thomas Case & Associados, consultoria de gestão de carreiras e RH:

1. Mantenha seu CV atualizado e com formatação adequada

Se você não tiver sendo assessorado por uma empresa de orientação de carreira, Raffa recomenda pedir a um amigo que seja da área de RH ou que tenha conhecimento necessário para avaliar seu currículo. “Isso ajudará, e muito, para ter um modelo de currículo campeão”, fala

2. Trabalhe as forças e os talentos aliados com as oportunidades

Lembre-se que não é qualquer emprego que serve. “As pessoas dizem “eu aceito qualquer coisa”, “me ofereceu emprego eu estou lá”. Só que chega lá e, por não estar alinhado com as suas forças, você vai se desmotivando, não é o que você gosta, executa um trabalho ruim, é mandado embora e cai novamente no desemprego. E ainda perde a oportunidade de voltar a esta empresa por ter deixado uma imagem de um profissional ruim. Invista no que você é bom, nas suas capacidades e habilidades”, recomenda Bueno.

3. Construa o seu objetivo, mensurando o caminho para atingi-lo

Para ser específico, você tem que projetar o que seria o seu ponto de chegada, pensar em todos os detalhes, não só do que deseja, mas como você se sentiria, como seria seu dia, como se relacionaria com seus amigos e familiares, quais seriam suas tarefas, o que teria que não tem hoje. “Quando tem o objetivo claro, você pode evoluir para a mensuração do caminho a ser percorrido para atingi-lo.  Por exemplo: quer ter um determinado emprego, o que você precisa? Se vestir melhor, mudar a postura, fazer um novo currículo, matrícula em um curso e etc. Por fim, é importante verificar se este objetivo é relevante em sua vida, se ele faz sentido dentro do seu propósito e, então, mensure o tempo que cada etapa do caminho deverá durar para ser executada com data exata”, fala Bueno.

4. Afaste suas crenças limitantes

Bueno explica que as crenças limitantes são afirmações e ideias que generalizamos e nos impedem de entrar em ação de uma forma positiva. Por exemplo: “o País está em crise”, “são “13 milhões de desempregados, eu sou só mais um”, “como eu vou arrumar emprego com tanta gente procurando?”. “A dica é trocar uma crença limitante por uma fortalecedora. A forma como você se pergunta é que faz você pensar diferente. Como no caso, o que eu posso fazer para me diferenciar e encontrar o emprego que eu desejo? O que eu posso fazer de diferente para encontrar algo que tenha a ver com meus talentos e usar os recursos que eu tenho? Ou seja, é sair de questionamentos que te limitam e ir para os que te fortalecem”, fala o Master Coach.

5. Faça contatos dentro e fora de seu networking

Isso lhe servirá para essa oportunidade de retornar ao mercado e, no futuro, servirá para alavancar sua carreira e alcançar seus objetivos. “Vale lembrar que o networking é uma ferramenta de construção, ou seja, os melhores resultados estão naqueles profissionais que planejam sua carreira, colocam em prática suas habilidades e não medem esforços para manter e aumentar sua rede de forma “construtiva”. O mais importante do que o emprego é ter empregabilidade”, explica Raffa.

6. Mantenha sua mente positiva

Isso é possível ao trabalhar a gratidão, que gera bem-estar. “Isso vai te envolvendo em energias positivas para que tenha ânimo e conquiste seu objetivo. Você pode fazer isso, criando uma lista de 10 coisas pelas quais é grato. Leia essa lista todos os dias”, indica Bueno.

7. Preste atenção na sua postura durante as entrevistas

Perceba como está seu olhar, seu sorriso, sua expressão ao procurar emprego, qual a posição dos seus ombros e posturas que refletem uma ideia de que a entrevista não dará certo. ”Quando tem este tipo de pensamento, você está com uma fisiologia totalmente derrotada. Você precisa mudar esta fisiologia. Erga o peito e posicione-se como em algum momento que tenha se sentido vitorioso e alegre. Com isso, você cria um foco, o que está buscando e onde quer chegar. Você se coloca como se já estivesse entrando para trabalhar naquela empresa e isso gera um estado emocional positivo”, fala Bueno.

8. Invista em você!

Busque sempre estar atualizado com cursos de curto, médio e longa duração, pós-graduação e idiomas. “Não dá para esperar que as empresas forneçam isso a você. Também é importante ter autoconhecimento das suas fraquezas e virtudes. Para isso, pode ser válido buscar uma consultoria de carreira ou coaching”, indica Raffa.

Link da publicação: http://bit.ly/2R311Kr

 

Thomas Case & Associados

Ao longo de 42 anos de atividades, nossos especialistas em Transição de Carreira, Outplacement, Coaching, Executive Search e Desenvolvimento contribuem com reportagens para diversos veículos de comunicação do país, por isso, a Thomas Case & Associados é considerada uma das principais fontes para consultas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *