Na contramão da crise, empresas mantêm ritmo de contratações

Levantamento realizado pela área de Recrutamento & Seleção da Thomas Case & Associados aponta que os setores da saúde, alimentos e bebidas, bens de capital e logística lideram a procura por profissionais no período do isolamento social

Com a economia desacelerando por conta da crise causada pelo novo coronavírus, muitos profissionais acabaram perdendo o emprego. No entanto, na contramão de tudo isso, empresas estão contratando talentos para os mais diversos setores.

Segundo estudo conduzido pela área de Recrutamento & Seleção da Thomas Case & Associados, as mais de 72 vagas trabalhadas pela consultoria no período da pandemia são para diversos segmentos, áreas e níveis hierárquicos, nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

“Adaptamos as fases dos processos seletivos para a modalidade online, assim conseguimos garantir a segurança de todos os envolvidos e respeitar o isolamento social, além de continuar com as contratações”, explica Norberto Chadad, presidente da Thomas Case & Associados.

Entre as empresas que estão admitindo temos nos serviços 52,8% das posições; indústria, com 34,7%; varejo e atacado, com 6,9%; e, construção, com 5,6%. A análise feita por segmentação de atividade mostra que saúde (23,6%), alimentos e bebidas (12,5%), bens de capital (9,7%) e logística (6,9%) lideram a procura por profissionais neste momento.

Para Chadad, apesar da instabilidade econômica, há mudança na estratégia de diversas organizações, que acompanham a complexidade do cenário proporcionado pela pandemia. “Encontramos diversos desafios de reajustes de departamentos, estabilização de operações e a busca por reduções de custos, que variam de acordo com as especificações de cada empresa”, conta.

De acordo com o levantamento, a área que teve maior destaque foi a Comercial, com 33,3% das posições. Períodos de crise requerem estratégias funcionais e que gerem resultados rápidos. Os profissionais da área Comercial dominam as técnicas necessárias para persuadir o cliente e traçar metas para que o negócio obtenha crescimento e siga em atividade.

Na sequência, as áreas que mais ofertaram oportunidades foram a Financeira, com 15,3%; Engenharia, 11,1%; Tecnologia da Informação e Administrativa, com 6,9% cada.

Ao contrário do que muitos pensam, essa é a hora de se planejar e se posicionar no mercado de trabalho. As empresas estão se reestruturando e unindo forças para voltar com tudo. “Sabemos que passamos por um momento delicado e o isolamento nos limita, mas os profissionais também podem enxergar uma oportunidade em meio à pandemia e se adaptar às transformações”, finaliza Chadad.

Áreas em destaque:

De acordo com o levantamento da Thomas Case & Associados, além das áreas mencionadas, as que mais se destacaram foram: Marketing, Operações, Recursos Humanos e Supply Chain, empatadas com 5,6% do total das oportunidades; e Jurídica, com 4,2%.

Ramos de atividade aquecidos:

Os outros ramos que também se destacaram foram: lojas, com 5,6%; construção civil, com 4,2%; consultorias, auditorias e advocacia, metalúrgico, químico, terceiro setor, TI e telecomunicações, com 2,8% cada.

Níveis hierárquicos procurados:

Especialistas permaneceram como os profissionais mais requisitados no mercado, com 27,8% do total de vagas. Na sequência, Gerentes e Analistas, com 26,4% cada; Coordenadores, com 9,7%; Diretores, com 8,3%; e Supervisores, com 1,4% das posições.


Sobre o estudo: o levantamento da Thomas Case & Associados foi realizado com base nas posições recebidas pelos clientes da consultoria – não representa a totalidade das vagas abertas no país.

Thomas Case & Associados

Ao longo de 43 anos de atividades, nossos especialistas em Transição de Carreira, Outplacement, Coaching, Executive Search e Desenvolvimento contribuem com reportagens para diversos veículos de comunicação do país, por isso, a Thomas Case & Associados é considerada uma das principais fontes para consultas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *