A imagem pessoal ainda é importante no home office

Como você quer ser lembrado? Que mensagem quer passar? Que reputação você está construindo? Da mesma maneira que a nossa aparência está transmitindo uma mensagem para os outros, o espelho também está nos enviando avisos. Confira a reflexão feita por Jonas Ferreira, Gerente Financeiro & Compliance da Thomas Case & Associados.

Todos nós fomos pegos de surpresa com a pandemia que assola a humanidade. Empresas foram obrigadas a reestruturar seus modelos de trabalho em tempo recorde, para que seus colaboradores pudessem continuar a exercer suas atividades em home office de forma segura. Por sua vez, os colaboradores precisaram se adaptar a esta nova realidade. E, com as rotinas de home office já estabilizadas, o cuidado com a imagem pessoal ainda é importante.

Para muitos de nós, iniciar e terminar o dia de forma isolada por conta do distanciamento social, longe do convívio com outras pessoas e da interação “olho no olho” pode representar um grande desafio. Necessitamos deste contato visual e nos deparamos com mensagens frias por meio de e-mails como forma de se expressar, e isso, em alguns momentos, é capaz de nos tornar incompreensíveis quanto ao nosso comportamento e em todas as formas de comunicação, verbais ou não verbais.

A tecnologia, através das diversas ferramentas virtuais para a realização de meetings por chamadas remotas (Zoom, Skype, Google Meet, Teams, WhatsApp Vídeo, entre outras), tornou-se uma grande aliada do home office, diminuindo essa distância entre as pessoas, gerando uma interlocução mais assertiva e aquecendo nossas relações.

E, embora estejamos há mais de um ano na rotina home office, e muitos já cansados, é importante ressaltar que, no ambiente virtual uma parte da comunicação pode acabar comprometida. Tom de voz, algumas expressões faciais e gestos físicos, por não serem tão evidentes em uma videoconferência acabam se perdendo. Além disso, a ênfase à aparência ganha novas proporções de peso. Todas as atenções estarão voltadas a ela.

Pensando em como mantê-la, trabalhar em home office exige o mesmo cuidado do que presencialmente. Muitos profissionais, encararam como uma forma mais leve de exercer suas funções, esquecendo-se por muitas vezes da sua própria apresentação pessoal. Mas, como você quer ser lembrado? Que mensagem quer passar? Que reputação você está construindo?

Estudiosos e especialistas em imagem apontam que a forma como nos vestimos serve para distinguir a vida social da vida profissional. É importante que o profissional entenda a diferença, neste caso, entre trabalho e descanso.

Por esse motivo que, para uma reunião virtual corporativa, vestir-se adequadamente e de acordo com a função que exerce é sinal de respeito à empresa que o contratou, aos gestores e colegas de trabalho, aos clientes que atende e a qualquer outra pessoa que esteja do outro lado da tela.

Mesmo para quem está em férias ou não está trabalhando, ainda assim, vale a pena pensar na imagem, você tem uma marca pessoal para preservar. Essa “aparência” é uma coleção de percepções na mente de quem interage com ela. É importante lembrar que, da mesma maneira que a nossa aparência está transmitindo uma mensagem para os outros, o espelho também está nos enviando avisos. Escolha se ver bem e receber positividade em troca.

Jonas Ferreira

Gerente Financeiro & Compliance

One thought on “A imagem pessoal ainda é importante no home office

  1. Excelente colocação Jonas! A comodidade que encontramos no trabalho home office muitas vezes é confundida com relaxamento. É, querendo ou não, um ambiente de trabalho que exige atitudes profissionais. A aparência ajuda a manter esta postura mesmo em casa, assim nossa atenção é redobrada nas atividades e também aumenta a produtividade.

    Parabéns pelo artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *