Qual o papel da empresa na saúde mental da sua equipe?

A discussão acerca da relação saúde-trabalho-doença vem ganhando cada vez mais destaque dentro dos ambientes organizacionais. O setor de RH e a liderança corporativa devem, juntos, manterem-se atentos ao seu quadro de funcionários a fim de detectar os possíveis sintomas. De acordo com Marshal Raffa, diretor executivo da Thomas Case & Associados, para quem sofre de transtornos mentais, muitas vezes a tarefa de entender a situação e desabafar sobre seus sintomas pode ser muito difícil. Confira a matéria divulgada pelo Portal Nacional de Seguros – SEGS!

De acordo com o Ministério da Saúde, transtornos mentais são a 3ª maior causa de afastamento do trabalho. A pressão constante, o alto número de demandas e a competitividade dentro do ambiente corporativo muitas vezes implica diretamente no equilíbrio emocional dos profissionais. No Brasil, os transtornos mentais estão entre os maiores responsáveis de longos afastamentos do trabalho.

Segundo dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2015, o transtorno mais prevalente no mundo era a depressão, que chegou a impactar a vida de mais de 300 milhões de pessoas, o que equivale a 4,4% da população mundial. Ao mesmo tempo, um número aproximado de indivíduos também sofria de ansiedade. “Com a Covid-19 esse cenário só se agravou, uma pesquisa divulgada pelo Instituto Ipsos apresentou que 53% dos brasileiros declararam que seu bem-estar psicológico piorou significativamente no último ano”, diz João Esposito, economista e CEO da Express CTB, accountech de contabilidade.

Na era da globalização, a constante tensão do mercado de trabalho aliada ao medo do desemprego muitas vezes acaba por induzir a população a se submeter a péssimas condições laborais, o que causa inúmeras consequências para a sua saúde mental.

Para quem sofre de transtornos mentais, muitas vezes a tarefa de entender a situação e desabafar sobre seus sintomas pode ser muito difícil. Os aspectos psicológicos da sociedade ainda são alvos de muitos estigmas e incompreensões, até mesmo quando diz respeito a si mesmo.

“A maior referência que temos como ‘termômetro’ para identificar quando a mente não vai bem, é o nosso próprio corpo. Ele sempre envia alertas. O problema é que nós temos dificuldade para compreender esses sinais, principalmente quando se trata de nossa saúde mental, o que dificulta enormemente a busca de intervenções adequadas para mitigar o sofrimento e os efeitos do problema”, explica Marshal Raffa, Diretor Executivo da Thomas Case & Associados.

A discussão acerca da relação saúde-trabalho-doença vem ganhando cada vez mais destaque dentro dos ambientes organizacionais. Mesmo assim, ainda existem muitas empresas que não entendem qual o seu papel dentro do bem-estar de seus colaboradores.

É de fundamental importância o reconhecimento por parte da organização acerca do vínculo entre a função laboral e o adoecimento mental. O setor de RH e a liderança corporativa devem, juntos, manterem-se atentos ao seu quadro de funcionários a fim de detectar os possíveis sintomas. São eles:

– Perda de interesse e prazer em realizar atividades que antes eram consideradas agradáveis;
– Sensação de cansaço constante;
– Baixa autoestima;
– Sentimento de culpa;
– Falta de concentração;
– Oscilação do humor;
– Ansiedade;
– Distúrbios do sono e do apetite.

“Caso sejam identificados membros que apresentam algum desses sinais, cabe a organização disponibilizar os recursos necessários para sua recuperação. Os distúrbios psicológicos são problemas reais que afetam não apenas o indivíduo, mas todos que o rodeiam”, ressalta Esposito.

Estamos no Setembro Amarelo, mês de prevenção ao suicídio gerado em sua maioria por transtornos mentais, mas devemos dar atenção a eles todo os dias do ano.

Sobre a Express CTB

A Express CTB é uma accountech que tem o objetivo de democratizar as soluções empresariais para negócios. A Express CTB auxilia na legalização de empresas, certificações digitais, impostos, finanças, assuntos jurídicos, departamentos de contas, entre outros, em poucos minutos, com tecnologia e consultoria especializada. www.expressctb.com.br.

Sobre a Thomas Case & Associados

Referência em serviços de recolocação profissional e recrutamento & seleção no Brasil, a consultoria tem especialistas em diversas áreas, como Outplacement, Recrutamento & Seleção e Assessment, para colaborar com pautas. A Thomas Case & Associados atua desde 1977 com soluções em gestão de pessoas, carreiras e mercado de trabalho. Liderada por Norberto Chadad, a empresa é pioneira em recolocação de executivos e lançou o primeiro cadastro de currículos da internet brasileira (Catho), se consolidando como a mais tradicional e maior consultoria nacional. Atualmente, oferece um amplo portfólio para profissionais como programas de: Transição de Carreira, Gestão da Carreira Alternativa, Coaching de Carreira, Assessment e Plano de Pós-carreira. Já para as empresas oferece serviços de: Outplacement individual e em grupo, Executive Search / Hunting, Mapeamento de Mercado, Avaliação de Perfil, Coaching Organizacional, Pesquisa de Clima, Palestras e Treinamentos. A Thomas Case & Associados conta com a matriz em São Paulo e filiais em Campinas, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Florianópolis e Porto Alegre.

Link da publicação: https://bit.ly/3kIbHfd

Thomas Case & Associados

Ao longo de 44 anos de atividades, nossos especialistas em Transição de Carreira, Outplacement, Coaching, Executive Search e Desenvolvimento contribuem com reportagens para diversos veículos de comunicação do país, por isso, a Thomas Case & Associados é considerada uma das principais fontes para consultas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *