Conheça algumas profissões promissoras para o novo ano

Para aqueles que almejam dar um novo direcionamento para a carreira, o cenário em 2022 pode ser positivo.

Norberto Chadad, Presidente da Thomas Case & Associados, acredita que, no próximo ano, manteremos novos avanços para o mercado. A expectativa é favorável, em especial puxado pelo setor de serviços que ainda tem espaço para recuperar o que foi perdido na pandemia. Além disso, tudo que estiver ligado a eficiência, automação, inteligência artificial e uso intensivo de tecnologia vai ter espaço.

Confira a matéria completa no nosso blog divulgada em alguns portais do Brasil!

Nos últimos anos o mercado de trabalho passou por grandes mudanças, principalmente após a pandemia do novo coronavírus que acelerou os processos de implantação de novas tendências e tecnologias no mercado.

Uma consequência direta dessa automatização é a crescente abertura de vagas destinadas a pessoas cujas carreiras são voltadas ao desenvolvimento da era digital. Segundo Norberto Chadad, Presidente da Thomas Case & Associados, “a retomada da atividade econômica após a segunda onda da Covid-19, mostra positivismo para o mercado de trabalho. Conforme o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério da Economia, o emprego formal avança sem parar há oito meses – em agosto, foram criados 372,3 mil postos de trabalho, 53,5% a mais que no mesmo mês de 2020. O crescimento mais significativo entre os empregos com carteira assinada veio no setor de serviços. Na sequência, setores como construção, tecnologia da informação e comércio, também apresentaram vigor no emprego”.

O CEO ainda completa “Acredito que, no próximo ano, manteremos novos avanços para o mercado. A expectativa é favorável, em especial puxado pelo setor de serviços que ainda tem espaço para recuperar o que foi perdido na pandemia. Além disso, tudo que estiver ligado a eficiência, automação, inteligência artificial e uso intensivo de tecnologia vai ter espaço”, reforça.

As lojas virtuais também desfrutaram de muitos avanços nesse período, consequentemente valorizando os profissionais de logística. Como os e-Commerces dispararam e se tornaram referências para diversos mercados durante a pandemia, manter um produto no meio digital sem uma boa estrutura por trás se tornou uma tarefa difícil. Nesse aspecto, o setor logístico faz toda a diferença. Durante os últimos anos, o profissional de Logística e Gestão da Produção foi o grande responsável por controlar o estoque, a armazenagem e a distribuição das pequenas e grandes empresas, e certamente vai crescer no pós-pandemia.

De acordo com Chadad, “as tendências que devem fazer parte da nova realidade do setor logístico para os próximos anos serão: a valorização da produção regional e diversificação de fornecedores; portfólio mais amplo de produtos e modernização dos serviços digitais; investimentos em sistemas mais seguros e ágeis de distribuição; e novas opções de transportes de carga”.

Para quem busca uma nova recolocação ou iniciação no meio profissional em 2022, o especialista selecionou alguns cargos promissores para o próximo ano:

Coordenador de Segurança da Informação – Área de Tecnologia & Inovação

Devido a transformação digital acelerada com a pandemia de Covid-19 e o uso recorrente da internet para realizar praticamente qualquer atividade, a importância de se ter segurança nas transações e ações online aumentou. “Há dados sensíveis que são trocados entre computadores e sistemas, e o profissional de segurança da informação precisa garantir que a rede de informação esteja segura contra acessos indevidos ou ataques de criminosos virtuais”, explica Norberto.

A faixa salarial destes profissionais varia entre R$ 14,7 mil a R $ 20,2 mil. É necessário ter conhecimento em cibersegurança, ciência de dados, programação e inteligência artificial.

Médico Intensivista – Área da Saúde

A Covid-19 trouxe ao Sistema Único de Saúde (SUS) e aos hospitais particulares a necessidade de profissionais especializados em alguns setores como Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e Saúde Pública. A previsão é de que o setor da Saúde continue crescendo, seja pelo potencial do mercado, aumento da expectativa de vida da população, surgimento de novas áreas do conhecimento ou mesmo falta de mão de obra especializada.

O profissional pode iniciar ganhando R$ 7.286,00 de salário e vir a ganhar até R$ 17.345,00.
A média salarial para Médico Intensivista no Brasil é de R$ 10.324,00. A formação mais comum é de Graduação em Medicina.

Gerente de e-Commerce – Área de Vendas e Marketing

Com o aumento expressivo nas vendas online nos últimos dois anos devido à pandemia surge a necessidade de mão de obra especializada em vendas e marketing digital. O Gerente de e-Commerce é responsável por gerenciar todo o comércio eletrônico, envolvendo os produtos do site, a cobrança on-line, logística e produtos comercializados, além disso ele organiza a prospecção de novos produtos a serem disponibilizados na loja virtual.

A faixa salarial destes profissionais varia entre R$ 9,7 mil a R $ 24,6 mil, dependendo do porte da empresa. É necessário possuir experiência em análise de dados e marketing digital.

Gerente de Supply Chain – Área de Engenharia

O aumento nas vendas online levou a uma maior demanda por especialistas em logística. No entanto, o Gerente da área de Supply Chain atua na gestão de toda a cadeia de suprimentos do negócio e realiza a interface entre a provisão final de pacotes, produtos e serviços.

A área tem uma média salarial entre R$ 17,1 mil a R$ 27,5 mil em pequenas e médias empresas, enquanto que em grandes empresas a média salarial é entre R$ 21,7 mil a R$ 34,9 mil. Como diferencial é necessário ter especialização em Logística.

Analista de Equity Research – Mercado Financeiro

“Em razão dos quase 300% de aumento do número de investidores no mercado de ações, de acordo com a B3, e a previsão de uma série de IPOs para os próximos meses, a demanda por estes profissionais aumentou. A equity research é um segmento dentro do mercado financeiro responsável por estudar e analisar detalhadamente as informações de uma empresa e do seu negócio como um todo”. Basicamente, o trabalho do Analista de Equity Research consiste em estudar ativos, acompanhar notícias, conversar com a profissionais do mercado e fornecer avaliações sobre as ações analisadas.

A faixa salarial varia entre R$ 14,5 mil a R $ 22,2 mil. É necessário ter um perfil analítico e curioso, que goste de estudar e pesquisar, além de ter experiência em equity research, porém, dependendo do tipo de instituição, pode ter objetivos distintos: os que trabalham com buy-side e o que atendem o sell-side.

Advogado Sênior em M&A – Área Jurídica

Por conta do aumento de fusões e aquisições de empresas (M&A), 375 operações, um recorde nos últimos 20 anos, segundo a KPMG, além da adequação à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e às normas de cibersegurança, as organizações estão em busca de profissionais com experiência em M&A, compliance e reestruturações societárias. Este profissional terá o papel de aconselhar e representar clientes em transações e assuntos corporativos e comerciais complexos.

A faixa salarial varia entre os portes das empresas: R$ 10,7 mil a R $ 15,7 mil (pequeno porte), R$ 14,8 mil a R$ 21,7 mil (médio porte) e R$ 16,4 mil a R$ 24,1 mil (grande porte). É necessário ter experiência em fusões e aquisições, além do conhecimento da legislação vigente sobre segurança de dados e privacidade do usuário, como a LGPD.

Além do destaque para as áreas de Tecnologia, Saúde e Vendas/Marketing Digital, também vale destacar a alta na área de Finanças e Contabilidade, devido à redução de custos dentro das empresas para se preparar para a retomada da economia.

Nesse campo, o profissional de Controller pode ter maior destaque, pois é ele quem planeja, organiza e desenvolve planos econômico-financeiros e analisa informações contábeis e indicadores de performance para acompanhar projeções de faturamento, reduzir perdas e aumentar o lucro. Além disso, ele participa na definição de diretrizes em alinhamento ao planejamento estratégico da empresa.

Sobre a Thomas Case & Associados

Referência em serviços de recolocação profissional e recrutamento & seleção no Brasil, a consultoria tem especialistas em diversas áreas, como Outplacement, Recrutamento & Seleção e Assessment, para colaborar com pautas. A Thomas Case & Associados atua desde 1977 com soluções em gestão de pessoas, carreiras e mercado de trabalho. Liderada por Norberto Chadad, a empresa é pioneira em recolocação de executivos e lançou o primeiro cadastro de currículos da internet brasileira (Catho), se consolidando como a mais tradicional e maior consultoria nacional. Atualmente, oferece um amplo portfólio para profissionais como programas de: Transição de Carreira, Gestão da Carreira Alternativa, Coaching de Carreira, Assessment e Plano de Pós-carreira. Já para as empresas oferece serviços de: Outplacement individual e em grupo, Executive Search / Hunting, Mapeamento de Mercado, Avaliação de Perfil, Coaching Organizacional, Pesquisa de Clima, Palestras e Treinamentos. A Thomas Case & Associados conta com a matriz em São Paulo e filiais em Belo Horizonte, Campinas, Curitiba, Florianópolis, Porto Alegre e Rio de Janeiro.

Links das publicações:

Valor Agregado: https://bit.ly/31XwzZh
Portal do Alto do Tietê: https://bit.ly/3pUEEWU
Notícias Concursos: https://bit.ly/3s1Fx2l
AB Notícias: https://bit.ly/3GGqWxv

Últimas notícias

Transição de Carreira

Carreiras promissoras

Com as mudanças e inovações colocadas nos últimos anos, hoje, quais as profissões, áreas e habilidades essenciais para os supermercados?

Saiba mais »